XXI Reunião Anual do Núcleo de Gastrenterologia dos Hospitais Distritais

Iniciativa junta médicos e pacientes

18 novembro 2006
  |  Partilhar:

 

Pacientes com a Doença de Crohn e com Colite Ulcerosa vão juntar-se este sábado, em Guimarães, a médicos gastrenterologistas num debate sobre "dúvidas e inseguranças" geradas por estas Doenças Inflamatórias Intestinais. O debate vai preencher parte do segundo de três dias da XXI Reunião Anual do Núcleo de Gastrenterologia dos Hospitais Distritais, que decorre até domingo.
 

 

Segundo a presidente da Associação Portuguesa das Doenças Inflamatórias do Intestino (APDI), Cândida Cruz, esta é a primeira vez que um fórum do género se faz a convite dos próprios Gastrenterologistas.
 

 

O Cancro Colo-rectal (CCR), doença que mata todos os anos cinco mil portugueses. José Cotter, o presidente da reunião e director da Gastrenterologia do Hospital de Guimarães, garantiu que 95% destas mortes poderiam ser evitadas se todos os indivíduos com mais de 50 anos fizessem Colonoscopia, a mais eficaz forma de rastreio desta doença. O especialista também lamenta que tenha caducado em 2005 um Plano Oncológico Nacional que previa rastreios de três tipos de cancro, incluindo o CCR.
 

A colonoscopia é um exame do intestino grosso, do tipo endoscópico, destinado a detectar cancros em fase inicial.
 

 

Além da avaliação da mucosa intestinal e do calibre do órgão, permite a realização de colecta de material para exame Histopatológico (biopsia) e a realização de procedimentos como a retirada de partes afectadas.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.