Vitiligo: medicamento foi capaz de restituir a cor da pele

Estudo publicado no “JAMA Dermatology”

29 junho 2015
  |  Partilhar:

Um fármaco utilizado no tratamento da artrite reumatoide foi capaz de restituir a cor da pele num paciente que sofria de vitiligo, dá conta um estudo publicado no “JAMA Dermatology”.
 

O vitiligo é uma doença comum, psicologicamente devastadora que faz com que a pele perca a sua pigmentação ou cor. Os tratamentos atuais, tais como cremes esteróides e fototerapia, não são eficazes na reversão da doença.
 

No ano passado o líder do atual estudo, Brett King, demonstrou a eficácia de um inibidor da JAK, o citrato de tofacitinibe, no tratamento da perda de cabelo causada pela alopecia areata. Neste estudo, os investigadores da Escola de Medicina de Yale, nos EUA, resolveram agora investigar se o mesmo fármaco poderia ser também eficaz no tratamento do vitiligo.
 

Os investigadores administraram o citrato de tofacitinibe a uma paciente com 53 anos de idade que tinha manchas brancas na face, mãos e corpo. O número de manchas tinha vindo a aumentar um ano antes de o tratamento ter iniciado.
 

Ao longo do dois meses de tratamento, a paciente teve uma repigmentação parcial na face, braços e mãos, áreas estas que lhe causavam mais preocupação. Após cinco meses, as manchas na face e mãos quase desapareceram, tendo apenas permanecido poucas machas no resto do corpo. Verificou-se que a toma de citrato de tofacitinibe não causou nenhum efeito secundário.
 

De acordo com os investigadores, estes resultados podem representar um avanço no tratamento do vitiligo.
 

“Apesar de ser apenas um caso, antecipámos o sucesso do tratamento deste paciente tendo em conta o nosso conhecimento da doença e o modo de atuação do fármaco”, revelou, em comunicado de imprensa, Brett King.
 

"É um primeiro passo, e pode revolucionar o tratamento de uma doença horrível. Este pode ser um enorme avanço no tratamento de pacientes com esta condição”, acrescentou a investigadora.
 

Brett King espera em breve realizar um ensaio clínico utilizando citrato de tofacitinibe, ou um medicamento similar, ruxolitinibe, para o tratamento de vitiligo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 1 Comentar

Vitiligo

Tenho, no fundo da alma, a esperança de que, em breve, alguma alma abençoada, irá trazer a notícia tão esperada dos muitos portadores dessa doença, que não dói, mas fere a alma. Estou à disposição para experimento do medicamento.

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.