Vitaminas C e E não previnem doenças cardíacas

Estudo publicado no JAMA

21 novembro 2008
  |  Partilhar:

Um estudo publicado no "The Journal of the American Medical Association" (JAMA) revela que a toma de vitamina C e E não reduz os riscos de desenvolver doenças cardíacas.
 

 

O trabalho, liderado por Howard D. Sesso, professor assistente do Brigham and Women''s Hospital, nos EUA, contou com a participação de 14.641 homens, médicos, com uma média de 50 anos no início do estudo. Foi identificada a presença de doença cardiovascular em 754 indivíduos do grupo. Os voluntários foram divididos em quatro grupos.
 

 

O primeiro grupo tomou 400 UI de vitamina E dia sim, dia não, e 500 miligramas de vitamina C diariamente; o segundo grupo tomou vitamina E e um placebo de vitamina C; o terceiro grupo tomou vitamina C e um placebo de vitamina E; e o último grupo tomou apenas placebo. Nenhum dos participantes nem os investigadores sabiam que grupos tomavam as vitaminas com princípio activo.
 

 

Após oito anos não se verificaram diferenças entre os grupos quanto à incidência de enfarte do miocárdio, insuficiência cardíaca congestiva ou angina. E o facto de tomar as vitaminas não reduziu a necessidade de cirurgia de Revascularização do Miocárdio.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.