Vitamina E aumenta ligeiramente risco de AVC hemorrágico

Estudo publicado na revista BMJ

03 janeiro 2011
  |  Partilhar:

As pessoas que tomam suplementos de vitamina E correm um pequeno risco de acidente vascular cerebral hemorrágico, mas um risco, ligeiramente, menor de AVC isquémico, aponta um estudo publicado na revista BMJ.

 

Alguns estudos têm sugerido que a ingestão de suplementos de vitamina E pode proteger contra doenças do coração, enquanto outras investigações descobriram que, em altas doses, pode aumentar o risco de morte.

 

A equipa de investigação, liderada por Markus Schurks, do Brigham and Women's Hospital em Boston, EUA, analisou nove estudos que incluíram 118.756 pacientes. Embora em nenhum dos estudos, os investigadores tivessem encontrado um risco global de AVC associado à vitamina E, houve uma diferença no risco tendo em conta o tipo de AVC.

 

Contabilizaram 223 AVC hemorrágicos entre as 50.334 pessoas que tomavam vitamina E, comparados com 183 AVC hemorrágicos entre as 50.414 pessoas que tomavam um placebo. Isso significa, segundo os cientistas, um aumento de 22% no risco de AVC hemorrágico entre os consumidores de vitamina E. No entanto, para o risco de AVC isquémico, a vitamina E teve um efeito levemente protector, reduzindo o risco em 10%.

 

Mesmo que o risco de AVC hemorrágico seja pequeno, o líder da investigação desaconselha o uso generalizado e sem controlo da vitamina E. Em comunicado de imprensa, o cientista ressalta outras formas de reduzir o risco de AVC, como a redução da pressão arterial, a toma de fármacos para baixar o colesterol e um estilo de vida saudável, factores que, segundo reforça, têm muito mais impacto na prevenção do AVC isquémico que a toma de vitamina E.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 1 Comentar