Vitamina D pode evitar cancro da mama

Estudos apresentados no encontro da American Association for Cancer Research

05 junho 2006
  |  Partilhar:

 

Mulheres que consomem grandes quantidades de vitamina D estão menos propensas a desenvolver cancro da mama, sugerem dois estudos divulgados num encontro da American Association for Cancer Research.
 

 

Altos níveis de vitamina D significaram um risco 50% menor no desenvolvimento de cancro da mama, segundo um dos estudos. E mesmo níveis um pouco mais altos resultaram numa diminuição do risco de 10%.
 

 

Um segundo estudo, feito por investigadores canadianos, descobriu que as mulheres que passaram tempo ao ar livre - o sol estimula a produção de vitamina D - ou consumiram uma grande quantidade da vitamina na alimentação, ou por meio de suplementos - especialmente enquanto adolescentes - tinham entre 25% a 45% menos probabilidades de desenvolver cancro da mama. "O consumo de vitamina D na época em que os seios estão em desenvolvimento, particularmente na adolescência, pode ser importante", afirmou a investigadora Julia Knight, do Monte Sinai Hospital, em Toronto.
 

 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.