Vírus H1N1 ainda não apresenta mutações

Dados revelados pela Organização Mundial da Saúde

29 junho 2009
  |  Partilhar:

O vírus H1N1, responsável pela gripe A, permanece estável e sem manifestar indícios de mutação, facto que o poderá tornar mais letal, revelou a Organização Mundial da Saúde (OMS) em conferência de imprensa realizada na semana passada, em Moscovo.

 

"O vírus ainda está muito estável", disse a directora-geral da OMS, Margaret Chan, ao ser questionada sobre se haveria algum sinal de combinação do vírus com outras estirpes, como a da gripe das aves. "Contudo, nós sabemos que o vírus Influenza é altamente imprevisível e tem um potencial enorme para apresentar mutações", afirmou a responsável.

 

Margaret Chan reforçou a mensagem de que é necessária a monitorização dos vírus para garantir que não há mutação. "Precisamos observar como (os vírus) se comportam nos países do hemisfério Sul para verificar se o vírus H1N1 e o da Influenza sazonal comum se recombinam. Até agora não detectámos nenhum sinal", afirmou.

 

"Outra coisa importante que precisamos fazer é acompanhar o H1N1 e o H5N1, que é endémico nalguns países da Ásia e do Médio Oriente. Deveremos estar atentos para ver se há alguma mudança nesse sentido", afirmou a especialista, acrescentando que ainda não foi detectado nenhum sinal dessa situação.

 

Sobre as medidas preventivas da gripe A, Margaret Chan referiu a importância dos antivirais e das vacinas, “mas não nos podemos esquecer de que há o que chamamos de medidas não farmacêuticas que são muito eficazes". Nesse sentido, a especialista recomenda não fumar, descansar, uma dieta equilibrada para ter uma maior imunidade e lavar as mãos com frequência com água e sabão.

 

E alerta: “Se, infelizmente, for infectado, por favor, consulte um médico."

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.