Vírus do Nilo volta a atacar nos EUA

Louisiana declara estado de emergência

04 agosto 2002
  |  Partilhar:

O misterioso vírus do Nilo voltou a atacar os Estados Unidos. Detectado em 1999, em Nova Iorque, desta vez, o vírus está a infectar o Estado da Loisiana, no sudoeste do país, onde já morreram quatro pessoas.
 

 

Só na Loisiana, 58 pessoas estão infectadas pelo vírus, transmitido ao homem através de picadas de mosquitos, segundo o governador local, Mike Foster. Em declarações à imprensa, o governador declarou estado de emergência e pediu ajuda federal para enfrentar a crise.
 

 

«Sem dúvida, o aumento do número de infectados vai esgotar rapidamente os fundos destinados ao controlo epidemiológico, os exames de laboratório e os esforços destinados ao combate aos mosquitos», declarou David Hood, ministro da Saúde do Estado da Loisiana, em um comunicado divulgado sexta-feira à noite.
 

 

E, segundo as autoridades de saúde, o vírus já alastrou a outros locais. Pelo menos cinco pessoas infectadas foram identificadas no Estado vizinho de Mississippi e outras oito no Texas.
 

Uma mulher não identificada, de 83 anos, residente na cidade de Baton Rouge, morreu vítima da doença em meados da semana passada.
 

 

As autoridades de Loisiana pediram à população que se mantenham longe de águas que atraem grandes quantidades de mosquitos. Durante todo o fim-de-semana, muitas equipas de desinfecção combateram aos mosquitos e o trabalho promete continuar. Apesar disso, advertem as autoridades locais, o número de infectados deve aumentar nos próximos dias.
 

 

O vírus do Nilo ocidental surgiu nos EUA em 1999, em Nova Iorque, provavelmente trazido por viajantes que regressavam de África.
 

 

As pessoas infectadas pelo vírus mostram sintomas de doenças comuns, idênticos aos de ua constipação, mas o vírus, transmitido por um mosquito, pode ser fatal para crianças, idosos e pessoas com o sistema imunológico afectado.
 

 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.