Vírus do Nilo Ocidental infecta uma pessoa em Lisboa

Direcção-Geral da Saúde alerta médicos para a possibilidade de novos casos

27 julho 2010
  |  Partilhar:

A Direcção-Geral da Saúde (DGS) está a investigar um caso de infecção pelo vírus do Nilo Ocidental, na região de Lisboa, revela o jornal “Diário de Notícias”, adiantando que o doente terá sido infectado em Portugal, o que motivou a DGS a solicitar a todos os médicos que estejam alerta para a possibilidade de surgirem novos casos.

 

A infecção, cuja via de transmissão são os mosquitos, é muito rara, havendo apenas registo de dois casos em Portugal, em 2004. "É uma situação isolada, que estamos a estudar. Já estamos a fazer um inquérito epidemiológico ao doente e, pelas informações que temos, a pessoa não viajou", explicou ao mesmo jornal o subdirector-geral da Saúde, José Robalo, adiantando que o doente se encontra bem e garantindo que a DGS está atenta à situação.

 

 A doença é transmitida aos humanos exclusivamente através da picada de mosquitos infectados com o vírus do Nilo Ocidental, que é comum em África. "Os mosquitos são infectados quando picam aves com o vírus. Provavelmente, aves migratórias que vêm de zonas onde existe a doença e que passam por Portugal nesta altura", explicou o especialista.

 

A DGS já está a aplicar no terreno "medidas para controlo e vigilância ambientais" na área de residência do doente, com o objectivo de identificar e eliminar as zonas "criadoras" de mosquitos. Está também a decorrer um programa a nível nacional de colheitas de mosquitos, para se verificar se estão infectados ou não pelo vírus. Apesar destas precauções, o subdirector-geral da Saúde considera que não há razões para alarme e que o risco de se ser infectado é muito baixo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.