Vírus da gripe espanhola veio das aves

Cientistas observam semelhanças entre a estirpe de 1918 e a que prolifera pela Ásia

06 outubro 2005
  |  Partilhar:

 

 

A gripe espanhola, que matou cerca de 50 milhões de pessoas em 1918, foi provocada por uma estirpe do vírus que muito provavelmente passou das aves para o homem, revela uma investigação publicada na Nature.
 

 

Cientistas norte-americanos descobriram que o vírus de 1918 partilha mutações genéticas com o vírus da gripe das aves agora em circulação no continente asiático. Os autores defendem que este dado vem sublinhar a perigosa ameaça que a actual estirpe representa para o homem.
 

 

Em outro trabalho científico sobre a doença, publicado na revista Science, uma equipa norte-americana conseguiu recriar, em ratos, um vírus igual ao de 1918. O vírus foi criado a partir de amostras dos restos mortais das vítimas da pandemia do século passado por uma equipa do Armed Forces Institute of Pathology dos EUA e está armazenado no Centers for Disease Control and Prevention (CDC), em Atlanta, sob estritas condições de segurança.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.