Vírus «ataca» passageiros de cruzeiros norte-americanos

Surto viral afecta centenas de pessoas

10 dezembro 2002
  |  Partilhar:

Em menos de um mês, três navios de cruzeiro norte-americanos foram atingidos por um misterioso vírus que provoca vómitos e diarreias aos passageiros e tripulantes. O último episódio aconteceu no fim-de-semana passado no navio Carnival Fascination, em Miami, e atingiu 194 pessoas.
 

 

Um dia antes do «ataque» do vírus ao Carnival Fascination, um outro navio, desta vez o Disney Magic, foi alvo de uma contaminação. Como resultado ficaram doentes 164 passageiros e 23 tripulantes, de um total de 3.500 pessoas a bordo.
 

 

Os especialistas acreditam que o responsável pela contaminação seja um vírus do grupo dos vírus semelhantes ao Norwalk, que já tinha provocado enjoos e más-disposições a 275 pessoas em cruzeiros anteriores com o mesmo navio. O vírus não é fatal e geralmente é eliminado depois de alguns dias de mal estar.
 

 

Deste modo, começaram os cancelamentos de viagens marcadas.
 

A Disney Cruise Line, uma unidade de entretenimento do grupo Walt Disney, cancelou na quarta-feira passada um cruzeiro de uma semana para desinfectar o navio Disney Magic. A Holland America, que como a Carnival Cruise é uma unidade da Carnival Corp, também cancelou uma viagem do navio Amsterdão para desinfectar a embarcação. Mais de 500 pessoas voltaram doentes de uma viagem a bordo do Amsterdão, durante o último domingo.
 

 

Mas os passageiros não se esquecem dos amargos de boca. Na segunda-feira, advogados que representam os doentes entraram na Justiça contra a Holland America, acusando a empresa de ter demorado tempo para retirar o navio de actividade.
 

 

Segundo o porta-voz da Holland America, Erik Elvejord, o vírus é transmitido através da comida e da água, mas não é perigoso e a doença cura-se em apenas alguns dias. O trabalho de desinfecção do Amsterdão inclui a limpeza das carpetes com vapor de água, limpeza de todas as superfícies com uma solução de cloro e substituição dos travesseiros.
 

Os Centros para o Controlo de Doenças dos EUA afirmaram que os surtos de vírus desse tipo são comuns e ocorrem normalmente em hospitais, casas de repouso e outros locais de grande reunião de pessoas.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.