Violência doméstica representou 11% dos homicídios em 2000
27 novembro 2001
  |  Partilhar:

A violência doméstica em Portugal representou 11% do total de homicídios, 3,3% do total da criminalidade e 23% do total de ofensas à integridade, no ano 2000, segundo dados do Ministério da Administração Interna.
 

 

Segundo a coordenadora do Projecto Inovar, do Ministério da Administração Interna, que falava na cerimónia que assinalou o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres, 617 vítimas eram menores, assim como 40 suspeitos da prática de violência.
 

 

Segundo Teresa Rosmaninho, não existem em Portugal
 

respostas eficazes que permitam às polícias encaminhar as
 

mulheres, como casas de abrigo, programas de mediação com o
 

agressor e a agilização da lei.
 

 

A propósito das salas de atendimento nas esquadras da PSP e GNR, previstas no Plano Nacional Contra a Violência Doméstica (PNCVD), Teresa Rosmaninho afirmou que foram instaladas 116 novas salas nos últimos três meses e 841 soldados da GNR e 442 agentes da PSP frequentaram acções de formação no âmbito da violência doméstica, em 2001.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.