Violência de género: portuguesas estão bem informadas

Denúncias são baixas

23 setembro 2014
  |  Partilhar:

As mulheres portuguesas estão “bem informadas” sobre a violência de género, mas é necessário assegurar que denunciam os abusos e que têm acesso aos serviços adequados, defendeu uma perita internacional.
 

Em entrevista à agência Lusa, Joanna Goodey, que esteve em Lisboa para discutir os resultados de um estudo da Agência para os Direitos Fundamentais (FRA, na sigla em inglês), explicou que Portugal “está em linha com a média da União Europeia” no que respeita à sensibilização para o problema.
 

“As portuguesas são as que, de entre todos os Estados-membros, mais consciencialização têm sobre uma generalizada violência contra as mulheres”, acrescentou.
 

A perceção da violência de género como “muito” ou “bastante” comum “pode ser vista como positiva”, disse a perita. “As portuguesas estão bastante bem informadas. Se compararmos com outros Estados-membros, estão mais bem informadas”, comparou.
 

O estudo da FRA, realizado em 2012, contou com a participação de 1.500 mulheres em Portugal e 70% delas disseram estar a par de campanhas de informação. “Isto significa que algo está a funcionar, pois as mulheres estão conscientes do problema”, disse Joanna Goodey, avisando que “a sensibilização tem de continuar, não é algo que se pode financiar apenas por um ano”.
 

Contudo, a denúncia não corresponde à informação. “Temos de encorajar as mulheres a reportarem as ofensas”, disse a especialista, recordando que o estudo mostra que “a grande maioria das mulheres não denuncia", o que faz com que a justiça não atue.
 

“Mudar a lei é uma coisa, mas, acima de tudo, são necessários serviços onde as mulheres se sintam seguras para pedir ajuda e assistência”, distinguiu Goodey, frisando que esses serviços “precisam de dinheiro”, o que “deve ser garantido pelo Estado”.
 

De acordo com Joanna Goodey, o estudo da FRA “teve um grande impacto a vários níveis”, levando “muitos países a revigorar a discussão sobre o assunto”.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.