Vinte mil médicos dos EUA acusados de incompetência

Construída lista negra dos médicos americanos.

14 agosto 2000
  |  Partilhar:

Mais de 20 mil médicos norte-americanos constam da "lista negra" da associação de consumidores Public Citizen, que pediu aos americanos para não utilizarem os seus serviços.
 

 

Os nomes dos profissionais acusados de incompetência, prescrição irregular de medicamentos, comportamento sexual impróprio ou erros profissionais, estão inscritos num livro em quatro volumes, à venda desde terça-feira.
 

 

Estes médicos representam cerca de 2,5 por cento da classe, que integra 780 mil recenseados nos Estados Unidos pela Associação Médica Americana.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar