Vigor da caminhada pode indicar maior longevidade

Estudo publicado no “JAMA”

07 janeiro 2011
  |  Partilhar:

Uma maior velocidade dos passos dados pelos idosos pode indicar uma vida mais longa, revela uma meta-análise, que reuniu dados de nove estudos. O estudo foi publicado na revista “JAMA”.

 

A investigação, liderada por Stephanie Studenski, da University of Pittsburgh, EUA, teve por objectivo avaliar a associação da velocidade da marcha com a sobrevivência dos idosos, para determinar se o grau de vigor explicava a variabilidade da sobrevivência.

 

O estudo analisou dados, de 34.485 pessoas, com mais de 65 anos, recolhidos entre 1986 e 2000. Foram analisadas as taxas da velocidade da caminhada por um período, mínimo, de seis anos e, máximo, de 21 anos. Do total, 79,8% eram brancos e 59,6% eram mulheres. A média de idade foi de 73,5 anos. A velocidade média dos participantes foi de 0,92 metros por segundo, e o acompanhamento teve em conta distâncias percorridas de 2 a 6 metros.

 

Durante os primeiros cinco anos do estudo, 84,8% dos participantes sobreviveram, mas após os 10 anos, o valor caiu para 59,7%. Ao todo, no decorrer dos estudos, morreram 17.528.

 

Os cientistas verificaram que, a velocidade da marcha foi associada com diferenças na probabilidade de sobrevivência em todas as idades, e em ambos os sexos, mas foi especialmente evidente após os 75 anos. Após 10 anos de acompanhamento, e à medida que a velocidade média aumentava, a probabilidade de sobrevivência subia de 19% para 87% nos homens; e de 35% para 91% nas mulheres.

 

Segundo os autores, existem várias razões pelas quais a velocidade da marcha pode prever a sobrevivência: “andar requer energia, controlo do movimento, equilíbrio, factores relacionados com o funcionamento de múltiplos órgãos, incluindo o coração, pulmões, sistema circulatório, nervoso, e os sistemas músculo-esquelético. Uma diminuição do vigor da marcha pode reflectir que os sistemas estão danificados."

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.