Viagra arrasa casamentos

Fármaco é apontado como causa de divórcio no Reino Unido

18 abril 2004
  |  Partilhar:

 O Viagra, a pílula contra a impotência, pode ser prejudicial ao casamento. No Reino Unido, uma mulher pediu o divórcio porque diz estar cansada das exigências desmedidas do marido desde que este começou a tomar o comprimido azul. O casal tem cerca de 50 anos, segundo noticia a edição de domingo do «Sunday Times». De acordo com a petição do divórcio, a mulher alega que o marido se tornou «sexualmente agressivo» quando começou a tomar Viagra para melhorar a vida do par. A situação terá ficado fora de controlo. Na Grã-Bretanha, esta é a primeira vez que o comprimido azul é directamente associado a um divórcio - uma situação que nos Estados Unidos começa a ganhar presença de algum relevo entre as separações de casais de mais idade. O Viagra, considera Phillip Hodson, autor de «Como fazer bem amor com uma mulher», pode ser fatal para um casamento: «Temos homens de 55 anos a comportarem-se como se tivessem 25 e mulheres de 53 a agir como se tivessem 53». De acordo com a edição de ontem do «Sunday Times», há mesmo quem esteja convencido que este pode ser apenas o início de uma «revolução sexual da meia-idade», com efeitos sociais de mais longo alcance. E os tratamentos com testosterona - a terapia de substituição hormonal masculina - estão já também a ser apontados como culpados pelo fim de alguns casamentos. Conta um outro advogado ao jornal britânico que representou duas mulheres que decidiram pôr fim aos casamentos depois de os maridos terem andado a tomar a hormona masculina. «Uma disse que ele começou a ser infiel depois de ter tomado testosterona». A outra simplesmente achou que o dela se tinha tornado impossível de aturar. Fonte: Público

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.