Ver televisão antes dos dois anos não melhora aptidões

Estudo da Children's Hospital Boston e da Harvard Medical School

02 abril 2009
  |  Partilhar:

Ver televisão antes dos dois anos de idade não melhora a linguagem nem as capacidades visuais e motoras, aponta um estudo realizado pela Children's Hospital Boston e pela Harvard Medical School, nos EUA.

 

O estudo acompanhou 872 crianças desde o nascimento até aos três anos de idade.

 

A investigação incluiu visitas às mães e às crianças imediatamente após o nascimento, aos seis meses e aos três anos. As mães também responderam a questionários, via e-mail, sobre os hábitos televisivos dos filhos no primeiro e no segundo anos de vida.

 

O estudo mostrou que a exposição crescente das crianças à televisão não é benéfica para o desenvolvimento cognitivo, mas também não é prejudicial. Contudo, não foi considerado o conteúdo dos programas e vídeos.

 

No resumo do trabalho, os investigadores alertam para o facto de serem necessários mais estudos e reforçam os resultados de investigações anteriores que associam o visionamento de televisão por bebés antes dos dois anos a um maior risco de obesidade, problemas de atenção e declínio na qualidade do sono.

 

Também a Academia Americana de Pediatria recomenda que os bebés não assistam a programas televisivos antes de completarem dois anos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.