Ver mais de três horas de televisão diárias aumenta risco de morte

Estudo publicado no “Journal of the American Heart Association”

30 junho 2014
  |  Partilhar:

Ver três ou mais horas de televisão diárias aumenta o risco de morte prematura por qualquer causa, dá conta um estudo publicado no “Journal of the American Heart Association”.
 

Para o estudo os investigadores da Universidade de Navarra, em Espanha, contaram com a participação de 13.284 indivíduos com uma média de 37 anos, de forma a determinar a associação entre três tipos de comportamentos sedentários (tempo de visualização da televisão, tempo despendido em frente ao computador e tempo a conduzir) e o risco de morte por qualquer causa.
 

Os participantes foram acompanhados ao longo de uma média de 8,2 anos período durante o qual ocorreram 97 mortes, das quais 19 devido a causas cardiovasculares, 46 por cancro e 32 devido a outras causas.
 

O estudo apurou que o risco de morte foi duas vezes maior para os indivíduos que viam três ou mais horas de televisão por dia, comparativamente com aqueles que despendiam uma hora, ou menos. Este risco manteve-se inalterado mesmo após os investigadores terem tido em conta vários fatores associados a um maior risco de morte.
 

Os investigadores não encontraram qualquer associação entre o tempo despendido em frente ao computador ou a conduzir e um maior risco de morte prematura por todas as causas. Na opinião dos investigadores, deverão ser realizados mais estudos para confirmar quais os efeitos da utilização do computador e da condução na taxa de mortalidade, e determinar quais os mecanismos biológicos que poderão explicar estas associações.
 

“À medida que a população envelhece, os comportamentos sedentários tornam-se mais frequentes, especialmente a visualização de televisão, e isto aumenta ainda mais os problemas de saúde associados à idade”, revelou, em comunicado de imprensa, um dos autores do estudo, Martínez-González.
 

O investigador aconselha assim a população adulta a aumentar a prática de atividade física, evitar longos períodos de sedentarismo, e reduzir o número de horas a ver televisão, não excedendo mais do que uma a duas horas diárias.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.