Venda de genéricos continua a subir

Máximo de sempre atingido em Maio

16 junho 2004
  |  Partilhar:

Os medicamentos genéricos atingiram, em Maio deste ano, uma quota de mercado de 7,4 por cento, a mais alta de sempre em Portugal, informou, ontem, a autoridade regulamentadora do sector.Em comunicado, o Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento (Infarmed) indica que em Maio do ano passado as vendas de genéricos representavam 5,6 por cento do mercado, tendo subido para 6,48 por cento em Abril deste ano.O organismo que regula o sector adianta ainda que 17 medicamentos baixaram de preço durante o mês de Abril, devido à inclusão de novas substâncias activas no sistema de preços de referência (sistema que define a comparticipação do Estado nos medicamentos com genéricos no mercado). Segundo o Infarmed, a redução de preço abrange 41 apresentações (forma e dosagem com que o medicamento é comercializado) e o valor médio da descida é de 12 por cento, embora existam casos de medicamentos que reduziram o seu preço em 62 por cento.Dados do Observatório de Medicamentos e Produtos de Saúde do Infarmed indicam que a despesa do Estado em comparticipações com medicamentos aumentou 17 por cento em Abril, comparativamente ao mesmo mês do ano passado. Fonte: JN

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.