Venda de anti-retrovirais e fármacos oncológicos fora de farmácias hospitalares aumentarão custos

Alerta da APIFARMA

21 novembro 2007
  |  Partilhar:

 

A venda de medicamentos anti-retrovirais ou oncológicos fora das farmácias hospitalares pressupõe um acréscimo ao preço base da margem de lucro da distribuição (27%) e do IVA, alertou a Associação Portuguesa de Indústria Farmacêutica (APIFARMA).
 

 

A dispensa de medicamentos nas farmácias para a infecção HIV/Sida, Artrite Reumatóide ou Cancro, que até agora eram apenas vendidos em farmácias hospitalares, está prevista para "dentro de alguns meses", confirmou o ministro da Saúde, Correia de Campos, e o presidente da Autoridade Nacional do Medicamento (INFARMED), Vasco Maria, durante um colóquio no Parlamento.
 

 

Em declarações aos jornalistas, o presidente da APIFARMA, João Almeida Lopes, lembrou que a indústria vende directamente aos hospitais ou centros de saúde sem margem de lucro quanto à distribuição, o que não acontece quando os medicamentos chegam às farmácias correntes.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.