Veículos motorizados responsáveis por lesões faciais nas crianças

Investigação da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

19 junho 2006
  |  Partilhar:

 

Os veículos motorizados são os principais responsáveis por lesões faciais em crianças e jovens até aos 18 anos, revela um estudo da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP).
 

 

De acordo com uma investigação do Departamento de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética daquela faculdade e do Hospital de S. João, realizado entre 1993 e 2002, os acidentes de carro, moto e os atropelamentos são os principais culpados pelos traumatismos sofridos na cara pelos mais novos (55%). Logo depois aparecem as quedas de grandes altitudes, que representam cerca de 18%, e as quedas de bicicletas, com uma taxa de 5%.
 

 

Durante os anos da investigação, foram tratados no S. João 492 pacientes, com idades inferiores a 19 anos, com 555 fracturas, tendo-se registado oito mortes (1%). Todas as vítimas mortais apresentavam fracturas múltiplas, incluindo traumatismos cranianos, e todas foram vítimas de acidentes com veículos motorizados (três de acidente de carro, três de acidente de moto e dois de atropelamento). Os investigadores afirmam ainda que os locais mais afectados pelos acidentes são o zigoma (maças do rosto), com 52%, e o osso maxilar alveolar (31 %).
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.