Variação genética pode reduzir complicação após transplante

Cientistas analisam receptores de medula óssea

05 dezembro 2003
  |  Partilhar:

Uma variação genética comum parece reduzir o risco de uma complicação grave após um transplante de medula, indicam investigadores norte-americanos num estudo divulgado esta semana na revista médica norte-americana New England Journal of Medicine.Os portadores da variação genética têm 50 por cento menos de hipóteses de desenvolver a grave síndroma conhecida por GVHD (graft- versus host disease) ou morrer em consequência do transplante, refere o estudo, feito com base em 993 receptores de medula óssea em Seatle, Washington.Segundo os investigadores, procurar a variação genética pode ajudar a determinar opções de tratamento para pacientes que aceitam submeter-se a este procedimento arriscado, podendo também ajudar os médicos a ajustar depois a medicação.Os transplantes de medula são usados no tratamento de alguns tipos de cancro para restaurar células estaminais destruídas por doses elevadas de quimioterapia ou radiações. Mas, por vezes, surge uma complicação grave em que a medula óssea do dador ataca o organismo do recipiente, dando origem à síndrome GVHD, caracterizada por diarreia crónica, dermatoses e disfunção hepática, e associada a uma significativa mortalidade a curto e longo prazos. A investigação descobriu que um tipo específico do gene 10- interleukina protege os pacientes de contrair GVHD aguda e morrer do transplante.A taxa de mortalidade de três anos após o transplante foi de 13 por cento nos portadores do gene favorável e de 26 por cento nos que o não tinham. Nove por cento dos pacientes detentores da variação genética desenvolveram a doença três meses depois do transplante, em comparação com 21 por cento dos que a não tinham, não os protegendo todavia contra a GVHD crónica, desenvolvida mais tarde.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.