Vacinação contra a gripe aumentou este ano

Dados do “Vacinómetro 2010”

04 janeiro 2011
  |  Partilhar:

Quase 65% dos portugueses com mais de 65 anos vacinou-se este ano contra a gripe, tendo aumentado também o número de doentes crónicos e de profissionais de risco que levaram a vacina, segundo referem as principais conclusões do “Vacinómetro 2010”, uma iniciativa da Sociedade Portuguesa de Pneumologia e da Associação Portuguesa de Médicos de Clínica Geral, que monitoriza em tempo real a vacinação contra a gripe.

 

Em declarações à agência Lusa, o pneumologista Filipe Froes explicou que os indicadores permitem concluir que houve um aumento da adesão à vacinação por parte de todos os grupos prioritários, mais evidente nos doentes crónicos e nos profissionais de risco.

 

Em relação aos doentes crónicos, a vacinação atingiu 48,8%, quando no ano passado tinha registado 33%. Na população idosa, a percentagem foi este ano de 64,7%, quando em 2009 não tinha chegado aos 60%. Filipe Froes recordou ainda que o objectivo da União Europeia é alcançar, em 2014, uma taxa de vacinação na população com mais de 65 anos de 75%.

 

No que respeita aos profissionais de risco, a esmagadora maioria profissionais de saúde, a taxa de vacinação atingiu este ano 50%, um aumento superior a 20 pontos percentuais relativamente a 2009. Apesar de frisar que esta subida é positiva, o pneumologista Filipe Froes admite que a taxa deveria ser de 100% neste grupo populacional.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.