Vacina reduz 37 por cento desenvolvimento do HIV

Resultados espantam comunidade médica

18 setembro 2001
  |  Partilhar:

Ao longo de quatro anos, 13 hospitais espanhóis experimentaram uma nova vacina contra o vírus da Sida em 243 doentes com HIV. Agora, e segundo uma notícia difundida ontem pelo jornal “El País”, os resultados deste ensaio clínico apresentados em Filadélfia indicam que a vacina conseguiu reduzir em 37 por cento o desenvolvimento do HIV.
 

 

As conclusões da investigação deveriam ter sido apresentadas no dia 11 de Setembro, mas devido ao ataque terrorista em Nova Iorque só agora foram dadas a conhecer.
 

 

Em princípio uma vacina tem como objectivo prevenir ou curar determinada doença. Mas neste caso a estratégia é ajudar no tratamento contra os ataques do HIV ao sistema imunitário.
 

 

Com o nome de Remune, um "cocktail" de drogas antiretrovirais comuns, a vacina mostrou-se eficaz no aumento das defesas do sistema imunitário em 37 por cento.
 

 

Para Eduardo Fernández Cruz, do Hospital Gregorio Marañón, em Madrid, responsável pelos ensaios com esta vacina, o segredo dos resultados obtidos está no tempo em que duraram os ensaios - quatro anos.
 

 

A eficácia deste ensaio espantou os especialistas reunidos em Filadélfia, uma vez que se trata de uma vacina muito simples. A Remune tem como base uma outra vacina contra a poliomielite desenvolvida nos anos cinquenta pelo norte-americano Jonas Salk.
 

 

Paula Pedro Martins
 

 

MNI - Médicos Na Internet
 

 

Fontes: El Pais e Público
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.