Vacina prolonga vida dos pacientes com cancro da próstata

Empresa espera aprovação da FDA

21 abril 2009
  |  Partilhar:

Uma vacina contra o cancro da próstata desenvolvida pela Dendreon, uma empresa de biotecnologia de Chicago, EUA, mostrou-se eficaz ao prolongar a esperança de vida de homens com a doença.

 

Em conferência de imprensa, Mitchell Gold, presidente da Dendreon, referiu que, nos testes clínicos realizados, a vacina mostrou conseguir reduzir o risco de morte em 22%.

 

O teste envolveu 512 pacientes cujo cancro se tinha expandido para além da glândula da próstata e que não mostravam beneficiar de terapias cujo objectivo era o de privar os tumores de testosterona.

 

Há dois anos atrás, a Food and Drug Administration (FDA, agência norte-americana que regula os alimentos e medicamentos) recusou aprovar a vacina, apesar de um dos seus painéis de assessoria ter dado luz verde à comercialização do medicamento. Nessa altura, a FDA informou que desejava ter mais provas sobre a eficácia da vacina e que esperaria pelos resultados de um teste em curso. Agora, segundo o presidente da empresa, os testes provam definitivamente o cumprimento dos requisitos estatísticos impostos pela FDA.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.