Vacina para a Psoríase testada com sucesso

Uma nova esperança para quem sofre desta doença

29 janeiro 2001
  |  Partilhar:

Ainda não se sabe exactamente como é que esta vacina funciona, mas o facto é que resulta, segundo demonstra um estudo realizado em 24 doentes em Auckland, Nova Zelândia.
 

 

Esta ideia surgiu quando o Dr. James Watson e col., tentou combater na Índia a Lepra com uma vacina contendo bactérias mortas do tipo Mycobacterium vaccae (New Scientist 169, 2001, 2273). A vacinação anti-lepra não resultou, mas num desses pacientes, que padecia de psoríase grave, a descamação epidérmica diminuiu.
 

 

Assim, os investigadores resolveram aplicar essa vacina com Mycobacterium vaccae num grupo de 24 pacientes com psoríase. 12 elementos deste grupo apresentaram uma melhoria do seu estado clínico e em 6 deles a dermatose desapareceu completamente. Os efeitos benéficos desta “vacina” duraram até um máximo de 18 meses.
 

 

 

Fonte: Ärzte Zeitung
 

Adaptado por David Ferreira
 

MNI - Médicos na Internet

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 22 Comentar