Vacina mostra-se promissora no combate à obesidade

Estudo do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar

15 junho 2011
  |  Partilhar:

Uma nova terapêutica mostrou-se promissora para tratamento da obesidade, num estudo realizado em ratinhos, por uma equipa do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS). Os resultados foram apresentados na Reunião Anual da Sociedade de Endocrinologia, que decorreu em Boston, nos EUA, e deverão “em breve” ser publicados numa revista científica.

 

A endocrinologista que lidera o grupo de investigação, Mariana Monteiro, explicou à agência Lusa que esta nova vacina terapêutica demonstrou que “através da supressão da actividade da hormona estimulante do apetite (grelina) em ratinhos, os animais diminuíram a ingestão de alimentos e aumentaram o gasto de calorias”.

 

O grupo de investigadores desenvolveu a vacina usando um vírus não infeccioso conjugado com a hormona, com o objectivo de provocar “uma resposta imune e o desenvolvimento de anticorpos contra a grelina, bloqueando a sua actividade”.

 

Os efeitos da vacina são idênticos aos que se obtêm com a cirurgia bariátrica. “Quando os doentes são operados, quando fazem por exemplo um bypass gástrico, os níveis de grelina não aumentam e, portanto, as pessoas têm um aumento da saciedade que é atribuível à manutenção dos níveis baixos dessa hormona”, explicou a investigadora.

 

Contudo, segundo salientou a investigadora citada pela Lusa, a transposição destes resultados para o domínio humano obriga à realização de muitos outros estudos, que deverão prolongar-se por vários anos.

 

Na sua experiência clínica, a endocrinologista verificou que a maior parte dos doentes é capaz de perder peso com dietas e exercício, mas depois “a grelina aumentava, aumentando o apetite, a ingestão e o peso, às vezes para níveis superiores”. A vacina poderá ser a solução para a manutenção do peso.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.