Vacina experimental contra H5N1 testada com êxito em França

Resultados publicados na The Lancet

11 maio 2006
  |  Partilhar:

Uma vacina pré-pandémica contra o vírus H5N1 da gripe das aves passou com êxito o seu primeiro ensaio clínico em França, ao activar uma resposta imunológica "encorajante" em humanos, informa a revista médica The Lancet. Investigadores franceses do laboratório farmacêutico Sanofi Pasteur testaram a vacina em 300 voluntários saudáveis, com idades entre 18 e 40 anos, aos quais administraram seis combinações da vacina em doses diferentes. O ensaio clínico, dirigido por Melanie Saville, tinha por objectivo determinar se a vacina era segura e capaz de produzir anticorpos em humanos. Os voluntários receberam uma de seis formulações da vacina em varias doses, e, nalguns casos, um composto adjuvante, hidróxido de alumínio. Os cientistas concluíram que um regime de duas doses de 30 microgramas da vacina foi a combinação com melhores resultados, ao produzir o maior número de anticorpos ao fim de 42 dias. Além disso, as vacinas estimuladas com o composto adjuvante foram as que melhor funcionaram. Contudo, como a própria cientista reconhece no artigo, não se sabe actualmente o nível de anticorpos necessário para proteger contra o H5N1. Este protótipo de vacina foi elaborado a partir de uma estirpe do H5N1 isolada em 2004 no Vietname. Trata-se de uma vacina experimental "pré-pandémica", por não ser ainda conhecida a estirpe que poderá desencadear uma pandemia humana de gripe das aves, precisam os cientistas na publicação médica britânica. Fontes: Lusa e Agências Internacionais MNI- Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.