Vacina de 1976 poderia proteger contra a gripe A

Estudo publicado na revista “Clinical Infectious Diseases”

17 maio 2010
  |  Partilhar:

Exames ao sangue realizados nos EUA a pessoal médico e seus cônjuges mostraram que quem foi vacinado em 1976 (contra uma epidemia de "gripe dos porcos" que nunca aconteceu) apresentaram uma maior imunidade contra o vírus da gripe A (H1N1) de 2009.

 

O estudo, liderado por McCullers, foi publicado na revista “Clinical Infectious Diseases” e verificou que “ os vacinados em 1976 “mostraram uma resposta imune muito forte contra a estirpe pandémica H1N1, em comparação com os outros que não receberam a vacina de 1976".

 

Em 1976 ouve o alerta de uma nova estirpe de H1N1 numa base do exército norte-americano de Nova Jersey, sendo os funcionários vacinados.

 

Contudo, o vírus nunca se propagou fora da base, mas a inoculação com a vacina foi associada a um efeito secundário rara, mas devastador: a síndrome denominada Guillain Barré, doença na qual o sistema imunitário ataca uma parte do sistema nervoso periférico. Desde então, muitos norte-americanos desconfiaram dos efeitos secundários das vacinas.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar