Vacina da varíola confere imunidade durante décadas

Estudo mostra que efeitos da inoculação ainda se fazem sentir depois de 35 anos

29 agosto 2002
  |  Partilhar:

A vacina contra a varíola confere imunidade durante várias décadas, afirmam investigadores da Universidade da Carolina do Norte na última edição da revista "The New England Journal of Medicine" (NEJM). Pessoas vacinadas há mais de 35 anos ainda mostram resistência à doença, o que torna menos ameaçadora a perspectiva de um ataque de terrorismo biológico com este vírus, erradicado da face da Terra há duas décadas.
 

 

Depois dos ataques terroristas nos EUA de 11 de Setembro e das cartas contaminadas com esporos da bactéria do carbúnculo, a possibilidade do uso da varíola como arma biológica passou a ser encarada com muita seriedade. É que esta foi a única doença humana até agora erradicada da face da Terra: foi oficialmente declarada extinta pela Organização Mundial de Saúde, em 1980, e não há dados claros sobre a duração da imunidade conferida pela vacina.
 

 

Veja mais no Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.