Vacina da Malária mostra-se eficaz em bebés

Estudo publicado na “The Lancet”

21 outubro 2007
  |  Partilhar:

 

Um teste clínico efectuado em Moçambique comprovou, pela primeira vez, a eficácia de uma vacina contra a Malária em bebés de poucas semanas de vida.
 

 

O estudo, liderado pelo médico espanhol Pedro Alonso e publicado na revista "The Lancet", foi realizado na província moçambicana de Manhiça, situada no sul do país. Na pesquisa participaram 214 bebés de 10 a 18 semanas os quais responderam satisfatoriamente à administração da vacina desenvolvida pela farmacêutica belga GlaxoSmithKline.
 

 

Após seis meses de acompanhamento da evolução dos bebés, a vacina demonstrou ser eficaz, ao reduzir em 65% o número de novas infecções. "É a primeira vez que se prova a eficácia protectora contra infecções por Malária em crianças tão pequenas", declarou John Aponte, médico que participou na investigação, relembrando que a doença, transmitida pela picada de mosquito, provoca mais de um milhão de mortes por ano em todo o mundo, principalmente na África Subsaariana.
 

 

O estudo foi realizado no Centro de Pesquisa de Saúde de Manhiça por profissionais do Hospital Clínico de Barcelona, da Universidade da mesma cidade espanhola e do Ministério da Saúde de Moçambique. O trabalho foi financiado pela Fundação Bill e Melinda Gates.
 

 

"Esses resultados representam um passo enorme rumo ao desenvolvimento de novas ferramentas de controlo da Malária", afirmou Alonso, que lamentou a ausência, por muitos anos, de recursos humanos e económicos suficientes na luta contra a doença, que "afecta os pobres e os mantém na pobreza".
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.