Vacina contra Sida mostra-se ineficaz

Laboratório interrompe ensaios clínicos

24 setembro 2007
  |  Partilhar:

 

O laboratório farmacêutico Merck Sharp & Dohme interrompeu os ensaios clínicos de grande escala de uma vacina contra a Sida, dado esta não ter demonstrado eficácia contra a contaminação.
 

 

Esta decisão constitui um golpe na luta contra a doença no mundo dado que a vacina, a V520, tinha sido descrita como promissora.
 

 

A outra vacina contra a infecção pelo HIV, a chegar à fase de ensaios clínicos alargados, baseia-se numa abordagem tradicional, diz o jorna “The New York Times”, “estimulando o sistema imunitário a produzir anticorpos contra o vírus”. Como os resultados tinham sido pouco animadores, os cientistas conceberam outra estratégia para esta vacina da Merck, estimulando as células T.
 

 

O ensaio em quase 1500 voluntários começou no fim de 2004, e só devia terminar no fim de 2008.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.