Vacina contra gripe diminui risco de primeiro enfarte do miocárdio

Estudo publicado no “Canadian Medical Association Journal”

29 setembro 2010
  |  Partilhar:

A vacina contra a gripe sazonal foi associada a uma redução de 19% da probabilidade de uma pessoa sofrer um primeiro enfarte agudo do miocárdio, aponta um estudo publicado no “Canadian Medical Association Journal”.

 

A taxa de enfarte agudo do miocárdio aumenta significativamente no Inverno, quando a pneumonia e a gripe são mais prevalentes. Estes factos têm sugerido uma possível ligação entre infecções respiratórias e enfarte do miocárdio. Para aferir esta relação, investigadores da University of Lincoln, no Reino Unido, liderados por Niroshan Siriwardena, analisaram dados de 78.706 pessoas, todas com mais de 40 anos, da Inglaterra e do País de Gales. Ao todo, 16.012 pessoas sofreram um enfarte do miocárdio, das quais 8.472 tinham sido vacinadas contra a gripe sazonal.

 

Foi verificado que entre aqueles que foram vacinados antes do Inverno, entre Setembro e meados de Novembro, os riscos de enfarte do miocárdio foram 21% menores. Contudo, para quem foi imunizado depois dessa época, já durante o Inverno, a redução dos riscos ficou nos 12%.

 

Em comunicado de imprensa, o líder da investigação sugere, tendo por base os resultados do estudo, que sejam antecipadas as campanhas de vacinação contra a gripe para o início do Outono, dado que trarão enormes benefícios para a prevenção do enfarte agudo do miocárdio em pessoas sem a doença cardiovascular estabelecida.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.