Vacina contra cancro do colo do útero

Investigador recomenda vacinação em adolescentes

17 setembro 2003
  |  Partilhar:

O investigador norte-americano, John Schiller, anunciou ontem que uma vacina contra o vírus do colo do útero está a demonstrar eficácia, recomendando, por isso. a vacinação de todas as adolescentes. «Tendo em conta que se registam anualmente em todo o mundo mais de 500 mil casos de cancro do colo do útero, a vacina poderia reduzir esses casos em pelo menos 70 por cento», afirmou Schiller, que trabalha nos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos.
 

 

O estudo sobre a vacina aponta para uma eficácia de 100 por cento contra o vírus do papiloma humano (HPV), confirmando resultados semelhantes já publicados na revista New England Jornal of Medicine.
 

 

Outros peritos reunidos no mais importante congresso mundial sobre doenças infecciosas (ICAAC) fizeram o balanço dos programas de vacinação em curso, contra a varíola nos EUA, a poliomielite nos países em desenvolvimento e a gripe nos países industrializados. A vacinação contra a varíola, decidida em 2002 nos Estados Unidos para os militares, foi realizada «em 25 por cento das tropas, com uma percentagem superior nas que se encontram no sudeste asiático», segundo John Grabenstein, do comando médico do exército norte-americano.
 

 

A retomada da vacinação contra a varíola nos EUA foi decidida no quadro das medidas de protecção contra actos terroristas que utilizem arsenais biológicos. Roland Sutter, responsável do programa de erradicação da poliomielite na Organização Mundial de Saúde (OMS), referiu também progressos na luta contra esta doença que hoje só afecta sete países: Paquistão, Afeganistão, Índia, Nigéria, Níger, Egipto e Somália. Outros investigadores referiram progressos nas campanhas de vacinação da gripe.
 

 

Fonte: Diário de Notícias
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.