Vacina contra a Sida vai ser testada em três mil voluntários

Estudo realizado pelo SAIMR sul-africano

13 fevereiro 2007
  |  Partilhar:

Três mil voluntários vão participar na África do Sul no maior teste clínico de uma vacina contra o vírus HIV/SIDA, que será conduzido sob direcção do SA Institute for Medical Research (SAIMR). O teste clínico, denominado "Phambili" (que significa Avanço), foi anunciado pela organização South African Aids Vaccine Initiative (Saavi), que é patrocinada pelo governo e pelo Conselho Sul-Africano de Pesquisa Médica. Os testes serão realizados no Soweto, Cidade do Cabo, Klerksdorp, Universidade de Medunsa e Durban, sendo os voluntários oriundos das províncias de Gauteng, North West, Cabo Ocidental e Kwazulu-Natal. Segundo o presidente do SAIMR, Anthony Mbewu, os voluntários são "homens e mulheres saudáveis, seronegativos, com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos, que sejam sexualmente activos e, no caso das mulheres, não estejam grávidas". A vacina em causa foi desenvolvida e fabricada pelo laboratório farmacêutico norte-americano Merck e já foi testada extensivamente nos EUA, África e Austrália. Segundo o presidente do SAIMR, milhares de pessoas participaram nos testes preliminares do produto. Fontes: Lusa e Imprensa Internacional MNI- Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.