Uso de tintas para cabelo pode tornar-se problema de saúde

Alerta do comité científico da UE

06 abril 2007
  |  Partilhar:

 

Um comité científico alertou a Comissão Europeia que o uso de tintas para pintar o cabelo se pode tornar um problema de saúde, devido à presença de substâncias potencialmente causadoras de irritações e Alergias na pele. Na sequência do alerta, a Comissão Europeia planeia elaborar uma lista de substâncias seguras.
 

 

O Comité Científico para os Produtos de Consumo chama ainda a atenção para o facto de haver poucos dados sobre os potenciais efeitos secundários das tintas, cujo uso se generalizou nos últimos dez anos.
 

 

A conjugação destes dois factores, considera o comité, pode originar um problema de saúde para os consumidores.
 

Já em 2003, a Comissão Europeia promoveu a elaboração de uma lista de substâncias aprovadas para as tintas do cabelo, querendo agora estender a sua avaliação de modo a minimizar os riscos de Alergia.
 

 

O comité científico analisou 46 substâncias presentes na tinta para o cabelo, identificando dez como extremamente irritantes para a pele, 13 como muito irritantes e quatro como moderadamente irritantes.
 

 

Dados do comité indicam que as tintas permanentes - as que contêm maior percentagem de químicos e que resistem às lavagens - são as mais vendidas no mercado, com 70 a 80% de quota no sector.
 

 

Fonte: Público
 

MNI- Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.