Universitários com elevado risco de Sida

Estudo da Fundação da Juventude

18 janeiro 2007
  |  Partilhar:

 

Os estudantes universitários portugueses correm um risco "muito elevado" de contrair infecção pelo vírus HIV, segundo dados de um estudo da Fundação da Juventude divulgado esta semana no Porto.
 

 

O estudo "SIDAdania" foi realizado pela Fundação da Juventude, com o apoio da Coordenação Nacional para a Infecção VIH/sida, em 11 estabelecimentos do Ensino Superior de Lisboa e Porto, envolvendo 1233 estudantes.
 

 

No estudo, coordenado por Paula Cardoso, 59,2% dos participantes disse usar preservativo em todas as relações sexuais, enquanto 35,6% referiu usar às vezes e 5,2% nunca. "Os resultados apontam para a manutenção das reservas relativas ao uso do preservativo e a consequente exposição ao risco de transmissão das infecções sexualmente transmissíveis (DST) e Sida", referem os autores do estudo, reconhecendo que o questionário não permitiu conhecer as razões da não utilização do preservativo.
 

 

Fontes: Lusa e Público
 

MNI- Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.