Universidade de Aveiro estuda comportamento de crianças alérgicas

Estudo vai abranger 600 crianças

26 novembro 2007
  |  Partilhar:

 

A Universidade de Aveiro (UA), em parceria com a associação Infantasma, vai desenvolver um estudo em 19 escolas para tentar identificar crianças que sofram de alergias e estudar a relação desses problemas com os comportamentos infantis.
 

 

O estudo, a realizar durante este ano lectivo, vai abranger 600 crianças dos zero aos dez anos, que frequentam creches, jardins-de-infância e escolas do primeiro ciclo, distribuídas por ambientes rurais e urbanos, visando identificar os que sofrem de doenças alérgicas e estudar a influência dos comportamentos, o que lhe confere um carácter pioneiro.
 

 

O Projecto do Alérgico Individualizado (PAI) vai decorrer por iniciativa dos Departamentos de Ciências da Educação e Didáctica e Tecnologia Educativa da Universidade de Aveiro, em parceria com a Associação Ambiente e Alergias para a Promoção e Protecção da Saúde "Infantasma", sendo repartido por uma primeira fase epidemiológica e uma segunda fase de formação de professores e pais.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.