União Europeia financia combate a surtos epidémicos

Comissão Europeia anuncia medida

05 outubro 2010
  |  Partilhar:

Com o intuito de combater as epidemias nos países em desenvolvimento, a União Europeia vai investir 10 milhões de euros, anunciou a Comissão Europeia em comunicado enviado à imprensa. Segundo o mesmo comunicado, os fundos permitirão proteger contra doenças 3,6 milhões de pessoas que vivem em áreas de alto risco epidémico.

 

Citando a comissária da Ajuda Humanitária, Kristalina Georgieva, o documento sublinha que as epidemias representam um risco grave, principalmente nos países mais pobres e nas zonas afectadas por desastres naturais ou provocados pelo homem. É o caso da cólera, uma doença que sem tratamento tem um índice de mortalidade entre 25 e 50%, enquanto se for tratada o nível pode baixar até 1 a 2%.

 

Os fundos serão utilizados para alargar a prevenção desta e de outras doenças, como a meningite, o sarampo, a febre-amarela e o dengue. A ajuda será destinada a reforçar também os sistemas de acompanhamento das doenças, de alerta e de armazenamento de medicamentos para conseguir uma resposta mais efectiva aos surtos.

 

Entre 2007 e 2009, a União Europeia destinou mais de 25 milhões de euros para melhorar a resposta às epidemias no mundo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.