Uma maçã por dia ajuda a prevenir o cancro da mama

Estudo da Universidade de Cornell

02 março 2009
  |  Partilhar:

Um estudo realizado na Universidade de Cornell, Nova Iorque, EUA, revela que a ingestão de uma maçã, para além de outros frutos e vegetais, reduz o risco de as mulheres desenvolverem cancro da mama.
 

 

Rui Hai Lui, autor deste e de outros seis estudos publicados no ano passado, demonstrou que a ingestão de uma maçã inibiu o tamanho de tumores mamários em ratos, sendo que esta inibição era directamente proporcional à quantidade de maçã ingerida.
 

 

No seu último trabalho, Lui e os seus colaboradores descobriram que um tipo de adenocarcionoma - um tumor altamente maligno que é a principal causa de morte em doentes com cancro da mama assim como em animais - estava presente em 81% dos tumores dos ratos.
 

 

No entanto, este tipo de tumores só se desenvolvia em 57%, 50% e 23% dos ratos alimentados com doses baixas, doses intermédias e doses altas de extracto de maçãs, respectivamente. Estas doses equivalem à ingestão diária de uma, três e seis maçãs em humanos.
 

 

Este estudo realça ainda os benefícios para a saúde dos fitoquímicos, conhecidos como fenólicos e flavonóides, os quais se encontram nas maçãs e noutros frutos e vegetais.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.