Uma em cada quatro mulheres deixa de fumar durante a gravidez

Estudo realizado por Espanhóis e Italianos

08 julho 2003
  |  Partilhar:

Apenas uma em cada quatro mulheres fumadoras deixa de fumar durante a gravidez, segundo um estudo realizado pelo Hospital do Mar, o Instituto Municipal de Investigação Médica de Barcelona e o Instituto Superior de Saúde de Roma.
 

 

Os bebés das mulheres fumadoras nascem com menos peso e são mais pequenos. O estudo conclui que 55 por cento das mulheres grávidas decidem reduzir o consumo do tabaco e quase 70 por cento volta a fumar depois de dar à luz, enquanto que 75 por cento das mulheres continua exposta ao fumo do tabaco, o que faz delas «fumadoras passivas».
 

 

Para reduzir o consumo do tabaco durante a gravidez, os centros de atenção ginecológica de Barcelona dão um conselho anti-tabágico a todas as mulheres grávidas. A iniciativa parte da aplicação de um guia para promover o abandono do consumo do tabaco durante a gravidez, impulsionada pelo pediatra Oscar Garcia, do Hospital do Mar.
 

 

Este especialista explicou que o abandono do tabaco durante a gravidez pode vir a duplicar se o ginecologista oferecer na sua consulta um conselho específico à mulher. «Em momentos de ansiedade recomenda-se mastigar pastilhas, distrair-se com alguma actividade ou comer alguma coisa», assinalou o especialista.
 

 

Em casos extremos, quando a mulher tem muita adição ao tabaco, os especialistas aconselham a aplicação de emplastros de nicotina. «É menos prejudicial que fumar e consumir todas as substâncias tóxicas que os cigarros contêm», explicou o pediatra.
 

 

Fonte:Diário Digital
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.