Uma em cada cinco mulheres é vítima de violação em Portugal
22 julho 2001
  |  Partilhar:

Uma entre cinco a 15 mulheres é violada em Portugal e uma em cada seis vítimas é atacada por dois ou mais indivíduos, conclui um estudo de um docente de criminologia no Instituto Nacional de Polícia e Ciências Criminais.
 

 

A conclusão de José Barra da Costa é apoiada em documentos que o investigador recolheu, nomeadamente actas de vários encontros de especialistas realizados nos últimos anos, em Lisboa, e nos inquéritos de vitimação do Ministério da Justiça.
 

 

Segundo o estudo, o número de inquéritos entrados na Polícia Judiciária (PJ) - referentes ao abuso sexual de crianças e adolescentes e dependentes - está a aumentar, situando-se nos 125 em 2000, mais 11,2% do que no ano anterior (111).
 

 

José Barra da Costa refere ainda que apenas um quinto das violações é participada às autoridades.
 

 

Este silêncio deve-se a uma tentativa de esquecer o mau momento passado, o que as leva, muitas vezes, a nem sequer contar ao marido o crime de que foram vítimas.
 

 

Mas para o investigador existem ainda outras razões, que passam pela inexistência de um real segredo de justiça e da falta de conjugação de esforços.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.