Um terço das vítimas fatais do H1N1 tinha pneumonia

Nota do Centers for Disease Control and Prevention

05 outubro 2009
  |  Partilhar:

Um terço das pessoas que morreram este ano devido à gripe A (H1N1) nos EUA estavam infectadas pela bactéria Streptococcus pneumoniae, revela uma nota enviada à imprensa pelo Centers for Disease Control and Prevention (CDC).

 

No comunicado, o CDC reforça a importância da vacinação contra este bactéria, dado que, com o início da época gripal, haverá um grande número de pessoas com gripe que poderá contrair infecção bacteriana pelo Streptococcus pneumoniae. "É muito importante que as pessoas, especialmente as de alto risco de desenvolverem graves complicações, sejam vacinados contra o pneumococo", avisou o epidemiologista do CDC, Matthew Moore.

 

O relatório do CDC incluiu uma análise de amostras recolhidas de 77 pessoas que morreram infectadas pelo H1N1. Cerca de um terço dos casos também apresentava a bactéria que causa a pneumonia.

 

O CDC recomenda a administração da vacina pneumocócica conjugada a todas as crianças com idades até aos cinco anos. Por seu turno, a vacina polissacarídica 23-valente deve ser administrada a todas as pessoas de risco, dos dois aos 64 anos, e a todos os maiores de 65 anos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.