Um terço das mulheres usa produtos específicos para higiene íntima

Resultados de um estudo clínico internacional

22 novembro 2007
  |  Partilhar:

 

Três em cada dez mulheres usam produtos específicos na sua higiene íntima diária, revela o primeiro estudo internacional sobre “Hábitos da Higiene Íntima”, conduzido pela ISDIN, uma empresa farmacêutica ligada ao sector dos cuidados dermatológicos.
 

 

É nas farmácias e para-farmácias que seis em cada dez mulheres adquirem os seus produtos de higiene íntima, sendo o ginecologista o principal prescritor para a iniciação dos mesmos.
 

 

Este estudo clínico revela que 66% das mulheres no universo de análise afirma não utilizar produtos específicos para a sua higiene ginecológica diária, comparativamente aos 34% que o fazem em nove de cada dez lavagens, um valor relativamente superior a outros estudos realizados anteriormente pela empresa. As mulheres entre os 31 e 45 anos são as que mais os utilizam (40% destas), seguidas das mulheres com mais de 45 anos (34,4%) e, em último lugar, as menores de 30 anos (29%). A idade média que as inquiridas apontam como ideal para começar a utilizar este tipo de produtos situa-se nos 22 anos, embora seja referido também, e de forma significativa, a partir da primeira menstruação, em qualquer idade ou na puberdade.
 

 

O principal motivo pelo qual as mulheres usam um produto específico é por motivos de higiene, seguindo-se a atitude preventiva e curativa. E, se até há bem pouco tempo, o consumo destes produtos aumentavam nos meses de Verão, hoje em dia, refere a empresa, 9,5 em cada dez mulheres utiliza-nos durante todo o ano.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.