Um robôt no hospital

Equipamento pode ajudar médicos a interagir com pacientes à distância

02 outubro 2003
  |  Partilhar:

O Hospital John Hopkins, em Baltimore (EUA), passou a contar com um novo médico assistente: tem um metro e meio de altura, a cabeça é um écran de vídeo e parece um grande aspirador.
 

 

O «dr. Robô» faz parte de um estudo que o hospital está a fazer junto de pacientes cujos médicos estejam fisicamente indisponíveis, e a quem pergunta se preferem ver e falar com o seu médico através de um robô interactivo ou ser assistidos por um médico substituto.
 

 

O dr. Louis Kavoussi, que está a estudar a exequibilidade deste estudo, diz que a resposta tem sido até agora favorável ao robô. Se tiver êxito, o estudo será seguido por um outro mais vasto, com mais doentes em vários hospitais, para garantir que os cuidados prestados pelos robôs são equivalentes aos ministrados pelo pessoal médico.
 

Kavoussi, professor e vice-presidente do departamento de Urologia do hospital, afirma que os robôs poderão ser um dia usados para ajudar a tratar pacientes em situações onde não é possível dar- lhes assistência médica, como operações militares ou desastres naturais.
 

 

Com o robô - equipado com sensores infravermelhos, um écran de vídeo móvel, uma câmara de vídeo com zoom, microfone e altifalante -, os médicos podem examinar um paciente a centenas de quilómetros de distância através de um «joystick» (comando) e uma ligação à Internet.
 

 

Para alguns médicos, como Stephen Schoenbaum, do Commonwealth Fund, uma fundação privada que apoia a investigação sobre políticas de assistência médica e pertence à presidência da Universidade John Hopkins, os robôs nunca poderão substituir os contactos humanos. Todavia, admitem que poderão ser um importante primeiro passo para tratar doentes em locais onde os médicos não possam estar presentes fisicamente.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.