Um novo modelo de triagem em Portugal

Médicos na Internet desenvolve modelo Manchester, inaugurado no S. Teotónio

21 janeiro 2003
  |  Partilhar:

O novo modelo de triagem Manchester, desenvolvido pela MNI-Médicos na Internet, foi ontem inaugurado no serviço de Urgências do Hospital de S. Teotónio. Ao todo, este novo modelo avaliou 119 utentes, durante o primeiro turno, entre as oito e as 16 horas. O modelo consiste na atribuição de uma cor a um utente, conforme o seu grau de gravidade. Cor
 

vermelha: é logo atendido; laranja e amarelo: tempo de espera entre 10 e 15 minutos; verde e azul: pode esperar até três horas.
 

 

Num primeiro balanço, efectuado ao final do dia, a unidade hospitalar constatou que 58 utentes foram catalogados com as cores verde e azul. Um indicador que significará que tais utentes deveriam ter procurado o centro
 

de saúde da área da sua residência e não no hospital.
 

 

Com a cor vermelha (tempo de espera zero) foram identificadas duas situações, enquanto com a cor laranja foram seleccionados 17 doentes e com a amarela 42.
 

 

Em entrevista ao Jornal de Notícias, Paula Viana, directora do serviço de Urgências do hospital, referiu que este novo modelo de triagem está, para já, a confirmar aquilo que há muito se sabia: «Há muitos casos não urgentes que, ao afluírem aos serviços, entopem e dificultam o rápido atendimento das pessoas verdadeiramente
 

doentes».
 

 

Uma intensa campanha de sensibilização foi desencadeada na região, para aconselhar os potenciais utentes das Urgências hospitalares a privilegiarem, em primeiro lugar, os serviços de Cuidados Primários.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.