Um milhão de portugueses sem médico de família

Dados Instituto de Gestão Financeira e Informática

16 julho 2006
  |  Partilhar:

 

Os dados nos centros de saúde indicam que mais de um milhão de portugueses está sem médico de família, mas o ministério da Saúde considera que os números devem ser analisados com cautela porque as bases de dados estão desactualizadas.
 

 

O jornal Público avançou na semana passada que mais de um milhão de portugueses não tem médico de família e que o problema da falta de clínicos agravou-se de 2004 para o ano passado.
 

 

Os dados do movimento assistencial nos centros de saúde divulgados na semana passada pelo Instituto de Gestão Financeira e Informática revelam que de 2004 para 2005, a percentagem de utentes sem médico de família aumentou um por cento. O matutino diz ainda que feitas as contas, actualmente mais de um milhão de pessoas (1.130.623) não terá médico de família.
 

 

No entanto, o presidente da Unidade de Missão para os Cuidados de Saúde Primários, Luís Pisco, e o porta-voz do ministro da Saúde, Miguel Vieira, consideram que estes dados devem ser vistos e analisados com cautela, uma vez que é necessário fazer uma limpeza de ficheiros.
 

 

Fonte: Público on-line
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.