Um dos maiores fabricantes de heparina suspende produção

Decisão da FDA

21 fevereiro 2008
  |  Partilhar:

O laboratório farmacêutico Baxter, responsável pela fabricação de metade da heparina vendida nos EUA, suspendeu temporariamente a produção da versão injectável de várias doses do anticoagulante, dado terem sido verificadas reacções adversas graves e possivelmente a morte de quatro pacientes.
 

 

Desde o final de Dezembro, que a Food and Drug Administration (FDA)- a entidade norte-americana que regula a comercialização de fármacos e alimentos - recebeu cerca de 350 informações sobre reacções adversas relacionadas com a heparina da Baxter.
 

 

“Em 2007 foram menos de cem as informações sobre reacções adversas”, referiu à imprensa internacional John Jenkins, director do departamento de novos medicamentos do centro de avaliação e investigação da FDA.
 

 

Segundo a FDA, esta suspensão poderá conduzir a uma escassez de heparina, que se utiliza na prevenção de coágulos em pacientes submetidos a diálise e a cirurgia cardíaca.
 

 

Desconhecem-se as causas das reacções adversas e também não existe uma previsão de quanto tempo durará a suspensão.
 

 

A maior parte das reacções adversas ocorreram em centros de hemodiálise, quase exclusivamente entre pacientes que receberam a "dose azul", uma dose elevada que se administra durante um curto período de tempo, de acordo com a FDA.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.