UE proíbe importação de frangos da Tailândia devido a gripe das aves

Confirmados dois primeiros casos em pessoas

23 janeiro 2004
  |  Partilhar:

A União Europeia vai proibir a importação de galináceos da Tailândia, onde foram confirmados dois casos de gripe das aves em duas crianças, anunciou esta sexta-feira fonte da Comissão Europeia.O comissário europeu para a Saúde, David Byrne, que está na Tailândia, «sugeriu aos seus colegas a suspensão das importações de galináceos e produtos avícolas da Tailândia para a EU», disse a sua porta-voz, Beate Gminder. «A Tailândia é o único país da Ásia de onde importamos galináceos», precisou a porta-voz, acrescentando que nenhum galináceo vivo entrou até agora no mercado europeu. A Organização Mundial de Saúde anunciou entretanto que vai enviar este fim-de-semana dois peritos em gripe para a Tailândia, para ajudarem este país a enfrentar o surto da doença.Entretanto, a ministra da Saúde Pública da Tailândia confirmou sexta-feira a existência de dois casos de gripe das aves em duas crianças internadas em hospitais do centro do país. As duas crianças infectadas com o vírus H5N1, de seis e sete anos, viviam perto de aviários onde morreram galinhas e teriam alegadamente tocado em carcassas de animais mortos.Análises feitas a um terceiro paciente presumivelmente infectado pelo mesmo vírus revelaram-se negativas e dois outros casos estão sob vigilância, acrescentou a ministra Sudarat Keyuraphun aos jornalistas.O governo tailandês negara até agora a existência de casos de gripe das aves, afirmando que os milhões de animais mortos recentemente nos aviários do país tinham sido vitimados por «uma epidemia de cólera e bronquite».Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.