UE autoriza comercialização de milho geneticamente modificado

Comissão Europeia aprova planta para consumo humano

20 maio 2004
  |  Partilhar:

A União Europeia vai autorizar esta quarta-feira, pela primeira vez desde 1999, a comercialização de uma planta geneticamente modificada, o milho «BT-11», apesar da oposição de Portugal e outros países membros, e da hostilidade dos consumidores. Por não ter havido acordo entre os Estados-membros, será a Comissão Europeia a assumir a responsabilidade política de levantar a moratória.A aprovação pelo executivo europeu respeitou todavia pedidos dos governos e do Parlamento Europeu ao fazer aprovar uma nova legislação estrita sobre a rotulagem e sobre a origem e acompanhamento dos organismos geneticamente modificados (OGM), em vigor desde há um mês.A Comissão pôs de parte a ideia de tomar esta decisão só depois das eleições europeias, a 13 de Junho, por considerar que isso «não seria honesto». Seis países votaram contra a comercialização do «BT-11», um milho doce da empresa suíça Syngenta destinado ao consumo humano, (Portugal, França, Áustria, Luxemburgo, Dinamarca e Grécia), outros seis votaram a favor (Irlanda, Reino Unido, Holanda, Suécia, Finlândia e Itália) e três abstiveram-se (Alemanha, Bélgica e Espanha).Segundo Bruxelas, estão a ser analisados mais 33 pedidos de autorização de OGM, relativos a sementes ou produtos alimentares.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.