Twitter pode servir de sistema de alerta para epidemias

Estudo da University of London

15 abril 2010
  |  Partilhar:

O Twitter, página de conversação da Internet, pode ser usado para antecipar epidemias, segundo um estudo realizado pela University of London e apresentado no congresso europeu de doenças infecciosas, que decorre em Viena, na Áustria.

 

Os especialistas analisaram as entradas da palavra “gripe” nas mensagens de 2009 daquela rede social da Internet. Encontraram três milhões de mensagens, escritas em inglês entre Maio e Dezembro de 2009, que continham a palavra.

 

Entre os "tweets", os investigadores contaram 12.954 mensagens que continham a frase “Eu tenho gripe A” e 12.651 com a informação "Eu tenho gripe". Outras palavras muito utilizadas foram "H1N1", "vacina", "caso" e "informações".

 

Depois deste estudo, pretende-se estabelecer se “estes dados são utilizáveis como sistema de alerta crescente”, ou seja, antes de os pacientes consultarem o médico, afirmou Patty Kostkova, responsável pelo estudo.

 

Pelo facto de se tratar de um meio de comunicação em tempo real, o Twitter poderá ajudar as autoridades de saúde a antecipar necessidades e a aplicar medidas preventivas.

 

A equipa de Patty Kostkova trabalha actualmente com as autoridades de Saúde britânicas no âmbito da preparação dos Jogos Olímpicos de 2012.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.